Translate

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

FIM DO ANO..., ANO DO FIM.


Mais um ano chegou ao fim e com isto surgem as esperanças de em um ano novo surgirem coisas novas, novas coisas acontecerem, desejos antigos se cumprirem finalmente. Enfim, de um modo geral todos ficam na esperança do novo acontecer.
No entanto, poucos são os que se atentam a necessidade de extinguir certas coisas: o exagero com a bebida, o vício do cigarro, a falta de controle com os gastos, aquela mania que incomoda todo mundo, a falta de paciência, a arrogância, a falta de comprometimento com pessoas e afazeres, o costume de achar que está sempre certo em tudo, o desrespeito com o próximo, etc... 
Tudo que faz com que se fique esperando algo novo, torcendo para que haja uma melhora na vida; quando na verdade; o suficiente para tanto seria a anulação de tudo que é feito e machuca, magoa, deprime e mortifica-nos pouco a pouco, dia após dia.
Façamos de 2013 um ano; ainda; melhor que o ano vindouro, (2014). 
Ao invés de comemorarmos o fim de 2013, façamos de 2013 o ano do fim.
Vamos nos concentrar em tudo aquilo que queremos e que por nossa própria culpa não temos alcançado. Vamos dar mais valor ao que vem ao nosso encontro e não ao que vem contra nós. Compremos a ideia de humildade, altruísmo, amor ao próximo, amor próprio, conscientização da necessidade de usarmos menos da racionalização.
Desejo a todos um último dia de 2013 como sendo o dia da mudança efetiva, para que comecemos todos; um ano de 2014; sem o peso de tudo aquilo que nos faz esperar do futuro coisas que insistem em nos prender no passado. 
Um feliz 2014; com muito amor, paz, saúde e realizações que venham a iluminar a vida de cada um tanto quanto os fogos de artifícios iluminarão a virada deste ano! 
DEUS ABENÇOE A TODOS

Um comentário: